Casamento Guarda Mor

Pâmela & Vitor

Então o Senhor Deus declarou: "Não é bom que o homem esteja só; farei para ele al­guém que o auxilie e lhe corresponda".

Gênesis 2:18


Começo a postagem de hoje com esse versículo bíblico que representa demais o casal Pâmela e Vitor. A cumplicidade dos dois e a união que eles tem um com o outro é algo admirável e perceptível através de uma troca de olhares ou pelo carinho em que eles se falam. Fui presenteado ao ser escolhido para fotografar esse casamento mais do que especial. A história de vida que envolve esse amor é surreal. E fiquei sabendo de parte da história e posso afirmar, é sensacional. 


Começamos o nosso grande dia viajando 220km só para fazermos o making of da noiva. Dividimos a equipe e fui direto para o renomado salão de Thalita Cunha, que fica em Paracatu - MG. Chegando no local, a noiva foi surpreendida com a minha chegada. Sempre costumo adiantar alguns minutos para tranquilizar a noiva e já ambientar com o local. Quando Pâmela me viu, já soltou um "Uai Lizandro, mas já ?" Sim, esse dia eu adiantei algumas horinhas rsrs Como sempre digo, prefiro mil vezes adiantar do que atrasar. Então começamos nosso trabalho. 


Pâmela em todos os momentos se manteve numa calma sobrenatural. Sorrindo e sem conseguir disfarçar toda a felicidade que sentia, a noiva estava cada vez mais linda. Enquanto Thalita produzia a make da noiva, eu fotografava e conversava com Pâmela sobre os detalhes. Foi um casamento planejado nos mínimos detalhes e que envolvia muita emoção. Todos os detalhes precisavam ser registrados e por isso prontifiquei parte da equipe para já partir para a recepção e fotografar tudo. Pâmela me contou sobre como eles se conheceram e sobre todas as imensas dificuldades de saúde que eles enfrentaram. A noiva com a saúde dela e o noivo com a perda da sua mãe recentemente por motivos também de saúde. 


A parte mais intrigante de toda história de amor de Vitor e Pâmela é que a mãe do noivo sempre disse que ele deveria se casar com "a filha da vizinha". Vítor sequer conhecia essa tal vizinha, mas quando a viu pela primeira vez, mesmo sem saber, se apaixonou quase que instantaneamente. Histórias de amor são assim, começam sem querer e quanto mais tempo se passa, mais forte vão ficando. E eis que as palavras da mãe do noivo se cumpriram. Eles se conheceram, enfrentaram os problemas juntos se fortalecendo e finalmente estavam realizando o último desejo de sua mãe. 


Enquanto estávamos em Paracatu no making of da Pâmela, a equipe foi até Guarda-Mor para fotografar o noivo. A felicidade dele era notável pelo seu bom humor e sorriso inevitável. Junto com alguns padrinhos, ele se arrumou e já estava ansioso para encontrar sua noiva no altar. Já na porta da Igreja, ele cumprimentou todos os convidados e distribuía sua simpatia à todos que estavam presentes. Percorremos os 77km que separavam Paracatu de Guard-Mor onde a cerimônia estava prestes a começar. Tudo estava prontinho, com a organização de Josinara Castro, todos os padrinhos já aguardavam a chegada da noiva. Fizemos as tradicionais fotografias no carro e a cerimônia começou. 


A entrada dos padrinhos ocorreu como de praxe e os pajens deram o ar da graça do casamento. Vitor entrou de braços dados com sua avó, que em meio à tantas lembranças de sua filha, se emocionou durante toda a caminhada rumo ao altar. Vítor, ao ver sua avó emocionada, também não conteve as lágrimas. Aliás, não só ele como boa parte dos padrinhos já não conseguiam segurar a emoção. Aquele momento foi difícil até de fotografar pelo grau de emoção envolvido. Com o noivo no altar, as portas da igreja se fecharam para aguardar o início da marca nupcial. Em poucos segundos, as portas se abriram e Pâmela surgiu maravilhosa juntamente com seu pai. O vestido escolhido por ela foi assinado pelo Espaço WM Noiva de Patos de Minas. Ela estava simplesmente maravilhosa!


Vítor mal conseguia conter o coração com tamanha emoção ao avistar sua querida noiva. Os olhos brilhavam de felicidade. Eles se encontraram, despediram do pai da noiva e se receberam com um respeitoso beijo. Agora juntinhos, eles deram os últimos passos para receber a bênção sobre seu casamento. A cerimônia foi incrível, com uma palavra acolhedora e uma homilia perfeita. Os dois participaram da comunhão, receberam a bênção sobre o casamento e foram declarados casados perante Deus e os homens. Depois dessa cerimônia linda, os padrinhos recepcionaram os noivos do lado de fora da igreja com os sparkles acesos e em comemoração. 


Depois de todos esses momentos, ainda teríamos que viajar mais 52 km para então participarmos da recepção. Sim meus amigos, tivemos que andar bastante para fotografar todos esses momentos. Chegando na recepção que foi realizada na fazenda Mata Preta, a decoração de cair o queixo. Flores e árvores iluminadas encantavam os olhos de quem chegava. O som da banda Som do Coração já demonstrava que a recepção seria maravilhosa e muito aconchegante. O clima próximo da cidade estava frio mas acho que com o calor das pessoas que participaram da celebração, tudo ficou ameno. O churrasco feito à moda Gaúcha com as brasas no chão, chamavam a atenção de quem se servia. 


Nós fizemos algumas fotos em frente ao bolo. A cena estava tão linda que parecia um conto de fadas. Enquanto os convidados se divertiam, nós fotografávamos todos os momentos. Até que os noivos resolveram declamar os seus votos um para o outro. De forma bem simples, os dois se declararam um para o outro com palavras que eu tenho certeza que ficaram guardadas no coração de todos que ali estavam. Primeiro, Pâmela. Disse muitas coisas que gostaria de falar para Vítor e já deixou todo mundo derretido. Depois, Vítor fez um verdadeiro poema para ela. Enquanto falava, a voz embargada agradeceu seu pai e também Pâmela por ajudá-lo a enfrentar tantos momentos difíceis, até mesmo o mais duro coração se quebrantaria naquele momento. O pai de Vítor não se conteve e caiu em lágrimas junto com boa parte da família. 


Depois dessa emoção toda, a festa continuou super animada. Ao som de Jef Madureira e seu sanfoneiro, eles dançaram e se divertiram muito. A noite foi pequena para tanta comemoração. E agora, depois de ler toda essa história, tenho certeza que veio a curiosidade de ver como ficaram as fotos né? Pois bem, sem enrolação, só prepara o lencinho porque foi muito emocionante. 


Aos noivos, nosso muito obrigado pela confiança desde o primeiro momento e o carinho conosco. Desejamos toda sorte de bênçãos sobre vocês! Deus abençoe! Até a próxima:) 


Sabia que você pode curtir as fotos que mais gostar? Sim, você clica nesse coraçãozinho que aparece nas fotos e pronto! Incentiva muito o trabalho :) 


Fornecedores:

 

Fotografia: Lizandro Júnior | Gustavo Amorim | Kayceso

Assessoria e Cerimonial: @josinaracastroo
Churrasco: @terradabrasabbq
Filmagem: @plugproducoesmkt
Comida Japonesa: @sashimaki.Vazante
Beleza, Dia Da Noiva: @thalitacunhastudio
Coquetel: freeshowbars
Músicos Casamento Religioso: @gruposomdocoracao
Dj: @najardj
Atração Musical: @jefmadureira
Decoração: @aris.Arislene
Locação De Moveis E Garçons: @luiz_eventos_vazante
Coquetéis: @freeshowbars
Vestido Noiva: @espaçowm
Papelaria: @slpapelariapersonalizada
som e iluminação: @dudusomgmor
doces finos: patriciaalvaresbombons

Tags

casamento pamela e vitor casamento guarda mor casamento vazante casamento paracatu lizandro junior fotógrafo lizandro junior